Abrampa cumpre agenda em Brasília com a Representação da União Europeia e com a Embaixada da França

A Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público de Meio Ambiente (Abrampa) cumpriu agenda de      trabalho em Brasília esta semana, por intermédio de sua Presidente, a promotora de Justiça Cristina Seixas (MPBA) e dos diretores de Relações Internacionais, promotores de Justiça, Fabia Fournier (MPPA) e Roberto Carlos Batista (MPDFT). No dia 14/07, prestigiaram a cerimônia e festejos alusivos &agra ...

Ler mais

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A SEXTA EDIÇÃO DO SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E LOGÍSTICA REVERSA

            A Abrampa, em parceria com o Ministério Público do Estado do Ceará e com o apoio da Escola Superior do Ministério Público do Estado do Ceará, realizará o VI Seminário - O Ministério Público e a Gestão de Resíduos Sólidos e Logística Reversa, no dia 30 de agosto de 2019, no Auditório da Procuradoria-Geral de Justiça, do Ministério P&uacut ...

Ler mais

PROMOTORA GAÚCHA PARTICIPA DE DISCUSSÃO SOBRE LICENCIAMENTO AMBIENTAL NA CÂMARA FEDERAL

A promotora de Justiça do Meio Ambiente de Porto Alegre, Ana Maria Moreira Marchesan, participou, na última quinta-feira, 04, de audiência pública do grupo de trabalho constituído na Câmara Federal para discutir o projeto de lei geral sobre licenciamento ambiental. O tema da audiência pública foi "Entes federativos no licenciamento". Ana Marchesan abriu sua fala destacando que vem acompanhando os trabalhos do GT que, de acordo com el ...

Ler mais

Painel Saneamento Brasil

O  Painel Saneamento Brasil  é uma iniciativa do  Instituto Trata Brasil - ITB . Nasceu com o intuito de levar mais informações aos brasileiros para que tenham acesso à situação do saneamento nas cidades onde moram e verifiquem se possuem o atendimento apropriado em relação a este serviço. É um portal que disponibiliza informações sobre saneamento básico, mas que também mostra os impa ...

Ler mais

Isenção fiscal de agrotóxicos: impactos para o meio ambiente, saúde e economia são tema de debate

  Apenas em 2018, o Brasil deixou de arrecadar pelo menos R$ 2,07 bilhões de reais com a isenção fiscal concedida aos agrotóxicos. Ao mesmo tempo, estudos mostram que cada dólar gasto com agrotóxicos gera um custo de até US$ 1,28 na saúde, somente para tratamento de casos de intoxicação. Desde a década de 80, foram notificados mais de um milhão de episódios de intoxicação por agrot&oacut ...

Ler mais